TRANSCENDER

Por: Julio Correia Neto | 4 de junho de 2018

Todo ser pensante é transgressor de um status quo vigente. Por que? Está permanentemente refletindo sobre os prós e contras sempre buscando questionar pontos de melhoria. Melhorias estas que buscam sempre estar alinhadas com os impulsos da ‘alma’. Nunca será um ser conformado, seguidor cego de ditames ditos por terceiros, seja lá qual for o preço a ser pago. Provido de coragem e iniciativa verdadeiras estará sempre impondo, no seu ponto de vista, uma afronta saudável, impulsionando ao maior número de pessoas o ato de pensar e transformar em prol do bem comum. Estará sempre buscando leituras alternativas que busquem quebrar o véu da mentira, seja lá aonde estiverem, construindo um quebra-cabeça em paralelo que elucide ‘verdades’ possivelmente ocultas da humanidade, da sociedade ou de uma civilização. É totalmente descrente do óbvio.

O que assistimos hoje exposto e massificado em nossas mentes é uma total desconexão do ‘corpo’ com a ‘alma’. É uma valorização insana do material através do erotismo, do exibicionismo, da vaidade, da soberba. Não por acaso, em todas as classes sociais, observamos o adoecimento crescente das pessoas, que negam a aceitar a realidade, seja por ignorância, crenças e dogmas bitolantes, pré-conceitos sociais e culturais e/ou medo de encarar a realidade.

Não se trata de um processo simples, como muita gente fica arrotando por ai, como, por exemplo, ‘saber votar muda tudo’. Muda nada. O voto é dado por ser humano que continua contaminado de conceitos alienantes que distorcem a interpretação da realidade dos fatos. Sem mudar a mentalidade do ser humano, não existe transformação real.

 

 

 

Deixe um comentário!